Pular para o conteúdo

Você deveria trabalhar em home-office?

Estudos indicam que sim: tantos por cento comentam que aumentaram a produtividade e estão mais satisfeitos desde que começaram a trabalhar em casa, etc, etc

Mas, espere...

Outros estudos indicam que não: distrações, falta dos relacionamentos de equipe e outros por cento comentam que experimentaram e tiveram queda de produtividade, etc, etc

Afinal: home office é uma boa?

Discutimos o tema nesta Centrífuga - Daniel, Frima, Rodolfo e eu - e a conversa , como sempre, está ótima e cheia de insights!

A 'Centrífuga Debate - Home-office é uma boa?’ também está no formato podcast:

Imagine trabalhar em um lugar longe da família e amigos. A cidade mais próxima está a centenas de km de distância, só tem água ao seu redor e, para completar, tudo pode explodir e ir para os ares.

Parece doido mas é a realidade do Rodrigo Leite, engenheiro da Schlumberger, que trabalha embarcado em uma plataforma de petróleo. Todo mês ele passa vários dias em um ambiente apertado, quente e perigoso para sustentar a família.

Mas não se engane achando que o Rodrigo detesta isso. Pelo contrário, é fascinado pelo que faz. E mais, se não fosse o trabalho dele e de outros tantos profissionais, dificilmente teríamos produtos como gasolina e plástico e outros derivados do petróleo.

O que leva alguém a gostar de trabalhar nessas condições?

Para o psicólogo Frederick Herzberg, um dos pensadores da Administração moderna, não é só o dinheiro que nos motiva a trabalhar. Existem mais fatores essenciais como a busca por desafios e a realização de estar contribuindo para o desenvolvimento da sociedade.

Curioso para saber como é a rotina do Rodrigo e o que o levou a trabalhar em plataformas?

Confira o Centrífuga Convida dessa semana.

A 'Centrífuga Convida - Rodrigo Leite', também está em formato podcast:

Nessa conversa altamente inspiradora, o CEO da Luft HealhCare José Roberto Corrales conta um pouco sobre sua trajetória profissional e os caminhos que percorreu até chegar ao topo de uma das maiores empresas de logística do país.

Com seu jeito franco e direto, Corrales quebra alguns mitos sobre a dificuldade de acesso a quem está no topo e fala da importância da eterna curiosidade não só na construção de uma carreira sólida mas, também, como propósito de vida. Sem dúvida um dos episódios mais bacanas de se gravar - e de assistir!

O inglês é o idioma mais importante do mundo corporativo ocidental. Entretanto, muita gente ainda discute o porquê de empresas pedirem fluência no idioma para contratar funcionários, mesmo que não seja usado na vaga. Trouxemos esse debate para a Centrífuga.

A 'Centrífuga Debate - Do you speak English' também está no formato podcast:

Uma centrífuga especial porque recebemos um convidado de peso: Alexandre Freire, CEO da Strategy Negócios e Investimentos e Diretor Executivo da CASP Financial & Investments.

Como líder em grandes projetos - inclusive internacionais -, Alexandre aceitou o convite para o primeiro episódio do Centrífuga Convida. Falamos de temas como Treinamento, Liderança, Cultura Corporativa e outros. Confere aí!

A Centrífuga Convida: Alexandre Freire também está no formato podcast: