Pular para o conteúdo

Culpa de quem?

O moleque era  peralta demais, sua folha corrida já mostrava 2 expulsões da sala de aulas do prof. Pedro.

O pai foi chamado na escola e saiu da reunião com a incumbência de  passar o menino no médico e pegar uma receita de calmante, pois a inquietude e bagunça passavam dos limites.

Já em casa, o menino sempre se referia às gritarias e castigos aplicados por Pedro.

O pai comprou o medicamento e solicitou ao prof. se poderia dar ao menino perto do horário das aulas.

Tudo acertado entre eles, diariamente o prof. pedia ao menino para trazer da sala dos professores 2 cafezinhos, um para cada um deles e que pegasse um comprimidinho no armário.

E com o passar dos dias houve uma melhora absurda. Não se ouvia mais falar em castigos e nem em gritarias.

Em casa, o pai perguntou  - Filho, como as sua notas estão ótimas! O que está acontecendo?

E o garoto disse - Não sei pai. Mas todos os dias o prof. Pedro me pede que traga 2 cafezinhos, um para mim e outro para ele e um remedinho do armário dele.

Eu coloco cafe nas xícaras e jogo o comprimidinho na xícara dele. E quando entrego, ele bebe tudinho.

Sabe pai? Ele parou de gritar como um doido.

Pergunto:  Você andou culpando alguém ultimamente? ( pergunta boba)

Muitas vezes culpamos o outro, mas é conveniente  que eu repare se não estou causando aquilo  do que reclamo na outra pessoa

Pergunto: Quem deve pagar a conta do remédio?

Foi o pai  que desembolsou, mas será que era mesmo a criança  que precisava do remedio?